poema

Hoy compartimos un poema creado por las educadoras del centro Talita Kum (Rabia y Diana), y enseñado a las niñas del centro, que entre canto y canto recitan el poema con una sensibilidad especial.


A mulher:

Quantas vezes nós as mulheres
somos pisadas,
violentadas, 
excluídas.

Nunca se pensa que a mulher
é a imagem principal.
E nós somos desprezadas
quando exprimimos ideias, ignoram-se.

Quantas vezes sinto dor no fundo
do coração no que tem se feito 
de mal para nós,
não se sabe que um dia
a mulher pode fazer um mundo melhor.






No hay comentarios:

Publicar un comentario